Sempre vestida de pérolas, Josephine Baker.

Josephine Baker-07

Quando falamos sobre os ícones da história usando pérolas, no mundo da moda muitas vezes pensamos em Coco Chanel, Grace Kelly e Jackie Kennedy. Mas onde estão nossas lembranças com ídolos de raças e etnias diferentes da caucasiana?

Temos uma perspectiva de embranquecimento do passado onde muitas vezes esquecemos de grandes estrelas da moda como a Josephine Baker, que além de dançarina, era cantora, espiã, mãe, mulher preta e um ÍCONE FASHION!

Nascida em 3 de junho de 1906, em Saint Louis, Missouri, a Vênus Negra, como foi chamada na época, era conhecida pela sua força, sensualidade, humor, sensibilidade para causas sociais e principalmente conquistou fama por seus looks e colares de pérolas.

Como se não bastasse deixar seu nome cravado na história da moda, por conta do seu bom gosto e looks incríveis, Josephine teve um papel importantíssimo na Segunda Guerra Mundial atuando como espiã onde ajudou muito na resistência à ocupação enquanto realizava suas apresentações para os oficiais alemães. Baker escrevia as informações que havia coletado em suas partituras com tinta invisível, passando-as clandestinamente através das fronteiras em sua roupa íntima e contando com sua fama para que não fosse revistada. E como se não fosse suficiente, ainda abrigou muitos refugiados e revolucionários em sua casa, camuflando-os como parte de sua banda. Depois da guerra, Josephine foi condecorada com a Cruz de Guerra das Forças Armadas Francesas e a Medalha da Resistência. Recebeu também, do presidente Charles de Gaulle, o grau de Cavaleiro da Legião de Honra.

E não para por aí, em 1950 Baker foi ainda crucial no processo de emancipação da população negra dos Estados Unidos. Além disso, apoiou o Movimento do Direitos Civis ao lado de  Martin Luther King e a NAACP (National Association for the Advancement of Colored People).

E como já deu para perceber, essa mulher tem muita história, Josephine também adotou 12 órfãos de diferentes partes do mundo onde os chamava de “tribo arco-íris” e acabou criando-os sozinha.

E assim como as pérolas de seus colares, Josephine Baker foi um exemplo de força, glamour e confiança. Um exemplo de super mulher que merece ser constantemente lembrada!

por Lucas Viceli
Fashion Designer.

arte por
Amanda Lima

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter

Acompanhe as novidades

A Mazze utiliza cookies e outras tecnologias para melhorar a sua experiência. Ao continuar navegando, você concorda com a utilização dessas tecnologias, como também, concorda com os termos da nossa Política de Privacidade